Tudo sobre mãe de gato

valentin

04 . 02 . 2018

eu nunca pensei que o amor chegaria tão cedo de novo pra mim. em cima de quatro patas, focinho rosa, olhos de mel e orelhas peludas.

sou uma pessoa que sempre teve bichos em casa, mas nunca fui “dona” de nenhum. nunca tive sob responsabilidade minha outro ser. era um sonho grande, em outra vida, ser mãe de gente um dia. agora, eu olho pra valentin, o gato, e me vejo mãe solo de um animal que apareceu pra me fazer enxergar as coisas com outros olhos.

valentin me ensina todo dia. valentin me acompanha todo dia. valentin é a relação mais honesta e sincera na minha vida hoje.

aos poucos, a gente vai estabelecendo um entendimento que cria um laço forte que eu nem achava que poderia existir. ele fica perto quando tô triste, ele deve saber, né possível, quando eu não quero estar sozinha. ele me olha de várias maneiras diferentes, eu posso ver lá dentro que tem alguma coisa que poderia ser dita, se eu conseguisse decifrar. e eu agora já reconheço alguns sinais de abuso, fome, felicidade, paz, que ele me dá. estamos juntos desde 19 de novembro, e ele ter aparecido num dia dezenove – dia que me matou mais de uma vez nessa vida – é muito simbólico pra mim.

ele veio pra me dar uma nova certeza. e certeza é uma coisa que eu achei que nunca mais existiria na minha vida.

a certeza de que comigo existe ele, existe um eu mais forte, que se descobre e se renova a cada dia, e existe um mundo inteiro ainda pra viver. por tudo isso, eu só posso agradecer. :)

dia 1

-    ,  -