Tudo sobre música

Eu não aguento mais uma dança

25 . 07 . 2016

Vou me empenhar para tentar começar – mais uma vez – uma série aleatória de posts. Já tentei surra de links, já tentei projeto pra ver todos os filmes de um ator – dito cujo que nem curto muito atualmente – e agora eu estou numa nova empreitada.

Vamos falar sobre a música grude do momento.

Eu espero que postando One Dance, do Drake, alguém pegue o vício e ele saia de mim. Obrigada.

Mas o Drake, aaaah, o Drake. Pode continuar sendo lindo que eu aguento.

Gif: Buzzfeed

-    , , ,  -


De repente 15

26 . 06 . 2015

Eu poderia fazer um post falando sobre a minha dificuldade em escrever pro blog no último mês (quase dois meses agora. Quando fiz esse rascunho, não era tanto =/), ou sobre o meu cansaço com a rotina nova, depois de mais de um ano vivendo no meu ritmo louco, e a dificuldade de organizar meu tempo livre. Poderia e até escrevi alguma coisa, mas não vou. Deixa eu falar de coisa massa. Com atraso, mas não menos massa.

O dia que eu fui pro show de Backstreet Boys. Pela segunda vez <3

Todas as fotos ficaram ruins, desse nível pra baixo

Todas as fotos ficaram ruins, desse nível pra baixo

Quem diria que, depois dos 20 e tantos anos e da febre das boys bands já ter acabado há um bom tempo, eu iria ter o privilégio de ver a melhor e maior de todas duas vezes nessa vida. E, importante lembrar, na minha cidade! haha. Lembro que, da outra vez, cogitei comprar um frontstage e não fiz pois: salário de estagiária. Dessa vez, continuo vendo que não evoluí muito nos gastos/ganhos e mal poderia torrar 350 dilmas no front, mas estava disposta a fazer essa loucura. Aí os ingressos acabaram. Fui pra pista de novo.

O lance é que o show não foi menos que maravilhoso. Claro, eu acho que teria sido muito mais legal pegar a toalha cheia de suor de Nick lá na frente, mas esse show foi bem melhor que o outro, e como é bom dizer isso quando você duvidava que precisava de outra dose desse crush na vida. Eles são simpáticos, conversam, respeitam um público que os conhece há muito tempo. É um reencontro com muita coisa boa, sabe? Um lembrete de como nossa adolescência foi massa – e até ~lasciva, com tanto homem lindo descamisado passando na MTV.

como é bom ter 15 anos de novo ❤️ #backstreetsback

Uma foto publicada por Jacqueline França (@jacquesfranca) em


Gritei, pulei, me emocionei como se tivesse 15 anos, como o Nick pediu. Amei cada um deles no palco, incluindo os ~meio rejeitados Howie (“Marta, ele é gato também, vai!”) e AJ, meu cafuçu preferido. Enfim, sobre o show mesmo vocês já devem ter lido por aí, porque eles já passaram no Brasil todo e parece que foi incrível sempre. Eu só precisava tirar esse blog do limbo e dizer: porra, que momento.

Recomendo demais a todos. Nunca é tarde, sempre pode :)

-    , , , ,  -


O que não apareceu na capa do álbum: versão divas

27 . 04 . 2015

Um tempo atrás, postei aqui sobre o The Bigger Picture, um projeto que mostrava uma “ideia” do que ficava de fora da imagem de uma capa de álbum. Um trabalho danado de uma agência de design e que eu achei massa. Agora, um designer resolveu juntar capas de álbum de atrizes e cantoras do mundo pop com pinturas antigas, mulheres com roupas de época e coisas do tipo. Mais do mesmo, só que legal :)

the_bigger_picture_divas (1)

the_bigger_picture_divas (2)

the_bigger_picture_divas (3)

the_bigger_picture_divas (4)

the_bigger_picture_divas (5)

Mais aqui.

-    , , , , , , , ,  -


Tag: Minha história em dez músicas

19 . 03 . 2015

Eu sei: dos quatro últimos posts, dois são listas :P. E eu não tô nem aí, gente, desculpa! Amo listas e sempre que eu topar com uma muito legal, vou querer fazer. Aconteceu de novo quando vi essa tag no Fake-Doll, não tive dúvidas em trazer pra cá! :)

Foi um senhor desafio completar a lista, porque eu gosto de coisas demais. E também porque uma vida tem muitas fases e a trilha sonora acaba sendo extensa, mas tentei dar o meu melhor, haha. Sem mais conversa, dá o play nas dez músicas aí!

1. Uma música que te lembre um momento bom

Livin’ On A Prayer, Bon Jovi. Essa música me lembra um momento bom E tenso. Bom porque eu tava pousando em Santiago, no Chile. Tenso pelo mesmo motivo, rs. Foi um voo longo, chato e cansativo. Eu tava morrendo de medo de entrar no avião e passei altos perrengues durante a viagem: turbulência, nervosismo e tudo mais. Agradeço a existência da rádio da Tam, porque eu cantava alto (mentalmente) o refrão OOOOH WE’RE HALF WAY THEERE OH OH LIVIN ON A PRAYER enquanto aquela lata gigante aterrissava com força.

2. Uma música que defina sua vida

Eu não tenho essa música. Sério. Mas, se eu tiver que escolher uma música que represente o momento que tô vivendo agora, essa é Preparando o Salto, do Siba. Ela me entende, me representa e muitas vezes tem me ajudado a seguir em frente.

3. Uma música que te faz dançar na balada

Mr. Saxobeat, Alexandra Stan. As pessoas mal conhecem a Kelly Key gringa Alexandra, mas eu não sei o que danado acontece, alguns DJs colocam essa joia pra tocar por aqui. Enquanto todos ainda estão se acostumando com o sax do início e o boy gemendo lá pelo refrão, eu já tô pirando e cantando alto essa tosqueira maravilhosa.

4. Uma música tema de algum relacionamento

Dias de Janeiro, Otto. Eu não gostava de Otto, até ir pra um show dele por tabela, porque fui pra ver outras bandas. Aí, foi justo quando ele subiu no palco que fiquei com Igor pela primeira vez. Depois, com a gente já namorando, ele tocou essa música pra mim no violão e a minha percepção mudou  <3 Continuo achando Otto um cara escroto, mas as suas músicas hoje me tocam de outro jeito, essa especialmente, que me lembra de Igor cantando meio desafinado e de quando a gente dançou naquele dia onze, bêbados e cambaleantes :)

5. Uma música que te faz chorar

Please, Please, Please, Let Me Get What I Want, The Smiths. Uma música que eu sempre escuto quando tô na fossa, e que sempre me deixa pior, rs. Acho que existem bandas especificamente melancólicas para sempre e The Smiths é uma delas. Essa música me dá uma tristeza inevitável, vontade de chorar sempre.

6. Uma música que seria toque do seu celular

Alors On Danse, Stromae. Se essa música tocasse no meu celular, seria sempre massa receber uma ligação! Fora a vontade de sair dançando ahahaha. Stromae é fera.

7. Uma música que você gostaria de tatuar

Fix you, Coldpay. Até porque é um dos planos de tatuagem mesmo, de alguma forma e em algum momento. Essa é uma das músicas mais importantes e tocantes da minha vida, por um motivo meu e só meu. Eu amo Coldplay por mil coisas, mas só essa música já vale por tudo que eles já fizeram e vão fazer. (Ah, também me faz chorar muito, mas acho que não poderia colocar duas ali no número 5)

8. Uma música que te deixa com vontade de ficar com alguém

No Diggity, Chet Faker. Eu poderia colocar qualquer música do Chet aqui, mas acho que essa é a mais mais. Chet manja dos paranauê como ninguém mais na atualidade, desculpa, The XX.

9. Uma música que você tá viciado agora

Someone New, Hozier. O queridinho do momento (pelo menos nas minhas propagandas do Spotify) por causa de Take Me to Church, que é sensacional. Me apaixonei mais por Someone New por causa do clipe, da letra, de tudo. Vai demorar pro vício passar, certamente. E, amigo, que bela voz.

10. Uma música que faz as pessoas lembrarem de você

Hanson. Complicado escolher uma, porque Hanson foi meu amor de adolescência e guardo no coração com saudades. Difícil algum amigo que me conhece há tempos não ouvir Save Me, ou qualquer outra no rádio, sem lembrar de mim. Aliás, difícil mesmo é que eles ainda toquem na rádio :(

-    , , , , , , , , , ,  -