Tudo sobre tempo

Sem drama

28 . 10 . 2015

Acho que não tem nem graça mais, né? A gente passa meses sem postar no blog, a gente volta a postar e arruma mil desculpas, a gente pede desculpas e explica o que q ta com te seno na vida para justificar. Não dá: sempre que acontecer, é o mesmo discurso. Eu não vou nem catar os links dos meus posts antigos com esse mesmo tema pra não passar vergonha.

“Tudo é uma questão de prioridade.”, vivo falando isso. Por mais que tenha gente por aí que venha com o discurso de que “24 horas não são suficientes” ou que “24 horas são suficientes sim, você que não se organiza”, hoje eu tenho total certeza que a frase que abre esse parágrafo é uma verdade quase que absoluta. Não é que o dia deveria ser mais longo. Não é que você seja desorganizado (e talvez até seja). É que você tem que fazer escolhas na vida, porque né possível dar conta de tantas coisas ao mesmo tempo. Isso se você é como eu, que quer abraçar o mundo, estudar, fazer cursos, precisa trabalhar, tem um blog, busca riqueza, viagens e sucesso e ainda precisa parar para namorar, ver séries e tomar uma cerveja no final de semana, porque ninguém é de ferro.

A gente realmente precisa de prioridades. Olho frequentemente dentro de um potinho que eu tenho com as resoluções que escrevi no começo do ano e vejo que coloquei coisas possíveis, mas muitas coisas. A gente precisa carregar essa vida com mais leveza, e sem se cobrar tanto. Do pote, sei que muita coisa não vou conseguir fazer, mas só as conquistas de 2015 já me fazem seguir em frente. É preciso mais sonhos, planejamentos, pequenos tropeços e…prioridades. Elas de novo. Depois de um tempo me culpando por não ter conseguido parar pra estudar percussão, pra cursar minha nova graduação, pra planejar e escrever melhor para este humilde blog, eu me liguei que não dá pra colocar tanto peso nas coisas.

Tirando peso, tirando a poeira, postando uma vez por mês e seguindo em frente. Vamo nessa :)

-    , , ,  -


O tal do cansaço

08 . 08 . 2014

Mais de uma semana sem postar no blog não porque não tenho assunto, mas por motivos de: cansada. Não só por conta do trabalho e da correria e agonia pra terminá-lo. Não só por causa das coisas que tenho pra resolver antes de viajar – gente, faltam vinte e dois dias. Eu sinto um cansaço que vem de tantos lados que nem consigo identificar. Não quero levantar da cama. Não quero ir na academia. Sequer tenho vontade de ir dormir. Como pode a pessoa deitar ~morta de cansada~ e demorar horas pra relaxar? Acho que isso é a pior coisa.

Mentira.

Tá sendo ruim não ter tempo pra estudar espanhol, pra ler um livro ou pra ver um episódio inteiro de seriado. Porque quando paro pra fazer qualquer uma dessas coisas, apenas não tenho vontade. Só quero tentar tirar o atraso do sono. E aí também não consigo, porque cochilos no meio da tarde ou me dão dor de cabeça (sim, vai entender) ou me fazem perder a  hora. Complicado.

Parei pra analisar esse drama todo e pra pensar porque eu ando tão sensível e cheia de pirepaque. Às vezes eu acho que foi um efeito dominó. Tô nervosa com a viagem, com a ideia de sair do país e me virar em outra língua, pensando em como vai ser passar vinte e sete dias longe de casa. E aí fico preocupada porque são as minhas primeiras férias de verdade, que eu tirei pra não trabalhar de jeito nenhum, e com isso começo a pensar no danado, na minha vida de ~empreendedora iniciante~ e em tudo que vai ficar por aqui.

Depois de tanto exercício mental, não sei é de nada.

Chega logo, 30 de agosto.

-    , , , , ,  -


Sem pressa

03 . 05 . 2014

Olha, tenha calma.

Não é porque falamos em ir à praia da última vez que nos encontramos que vamos já na próxima semana. E nem é má vontade, muito menos preguiça, se eu te disser que talvez a gente não vá sequer no mês que vem. Sossegue, tem tempo.

Não é assim “se não fazemos agora, não faremos nunca”. Não é isso. Tem gente que parece que passa anos na inércia ou que nunca parou e tá sempre correndo pra fazer tudo, pra não perder nenhum momento. Deixa esse povo pra lá. Nós temos tempo. Temos essa vida aí toda pela frente, todos esse 365 dias do calendário de cada ano, com alguns bônus. Deixa os avexados correrem, gastarem todo o dinheiro, explorarem todos os cantos, conhecerem todas as pessoas.

Nós vamos depois, nós vamos com calma. Nós vamos pra onde quisermos.

“Não se afobe, não, que nada é pra já”

Ilustra daqui.

-    , , ,  -


Plmdds

26 . 11 . 2012

Atrasou tudo, galera. TCC pra entregar em oito dias. E ainda tem trabalhos, prova e muito mais. Jesus, me abana.

Dei uma pausa em praticamente tudo, inclusive neste lindo blog. Só tenham paciência e rezem por mim, mandem ~boas vibrações~, torçam, coloquem meu nome no culto de oração, etc etc etc.

Beijos

-    , ,  -